domingo, 27 de junho de 2010

Jesus numa moto….

Alan moto space             Motoca

 

“…Pra ser Jesus numa moto
Che Guevara dos acostamentos
Bob Dylan numa antiga foto
Cassius Clay antes dos tratamentos
John Lennon de outras estradas
Easy Rider, dúvida e eclipse
São Tomé das Letras Apagadas
E Arcanjo Gabriel sem apocalipse…”

(Sá e Guarabyra)

Dois contos:

Certo dia, um amigo de um amigo meu, feliz da vida, pois havia pouco tempo, adquirira um veículo automotor digno de toda discriminação da sociedade, uma MOTO.

Como ainda estava deslumbrado com a aquisição, meu amigo, em período de testes, acabou por calcular erroneamente a kilometragem para abastecimento do veículo. No caminho do trabalho, passou defronte a um lugar onde vivem os mais “abastados” seres de sua cidade, mas no lugar mais impróprio, aonde nada poderia acontecer, baseado na Lei de Murphy:

 

“Se alguma coisa pode dar errado, dará. E mais, dará errado da pior
maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível…”

ACABOU O COMBUSTÍVEL

Desesperado, o cara passou dar partida, até quase acabar com a bateria. Sem sucesso, começou a empurrar o pesado veículo de duas rodas, vendo outros veículos (Mistubishi, BMW, Jaguar, AUDI, Honda, Toyota, Hyundai..) passando e fingindo a não existência do belo menino. Além de triste, se flagelando por não ter tido a esperteza de abastecer, estava cansado por ser justamente um dia lindo e quente no inverno, mesmo assim fez uma breve oração (claro que depois de alguns xingamentos, os quais foram incluídos na oração, como pedido de perdão pela boca suja e blasfêmia).

Instantes depois e uns 500 metros empurrando, um jovem montado em um cavalo vermelho (uma Titan), passa ao lado e logo para, perguntando se queria ajuda. SIM, respondeu o amigo, sem fazer cerimônias. em sua humildade, aquele que você não imaginaria poder ajudar, pegou uma garrafa, cerca de 500ml, encontrada alí mesmo (provável lixo de alguém mal-educado que saíra dos motéis da região). Puxou a mangueira da gasolina e colocou 4 garrafas do líquido que deveria ter pago com suor, no tanque da moto de nosso trapalhão.

Recusou com intensidade uma justa remuneração como agradecimento, bem como vender a gasolina para o herói. E disse:

“Sabe, de vez em quando é bom nós ajudarmos quem precisa…”

Diante do gesto, nosso campeão desastrado, nada pôde fazer a não ser agradecer, quase vertendo lágrimas, pois ele mesmo (imaginara), não teria sido capaz de ser tão nobre……

ps: Minutos depois, graças a corrente do bem que se formou, o agora re-abastacido amigo paspalho, socorreu um camarada que passava por sufoco igual.

.

.

.

Agora vamos á moral da estória.

Fácil seria dizer, que o exemplo acima é mais um no mundo em que vivemos, sem qualquer peso ou significância, a não ser para os seres que vivem tal situação.

Mas se a salvação de uma alma alegra o céu todo (segundo a tradição bíblica), penso que uma boa ação produz efeito semelhante, mas isso é maluquice minha, não deverá te interessar.

Tive  a oportunidade de ler e ouvir em algumas ocasiões, que o “diabo/cão/capeta/rabudo” se traveste de anjo de luz, para enganar a nós trouxas.

NOTA COM FONTE PEQUENA PARA ATRAPALHAR A LEITURA: se não me falhe o entendimento, muitos dos Ermãos utilizam esses dizeres para justificarem o fato de se envolverem sexualmente com mulheres e homens belos(as). Inteligentes não?

Aproveito isso para verificar que o tal do diabo, na trama universal cósmica, costuma tentar ser o oposto daquilo que Deus é ou parece ser. No caso exposto acima, eu disse que ele aparece como sendo lindo(bonitão, rico e forte), portanto se formos no mínimo sagazes e curiosos, Deus poderá se manifestar para nós como aquilo que menos imaginamos.

O mais legal de tudo isso, é que a consciência religiosa e tendenciosa atual, focada em um Deus PODEROSO e “gênio de lâmpada” (que realiza desejos, sejam eles quais forem, uma fábula praticamente,mas…tem mané para tudo), passará despercebida a essas aparições cósmicas simples, pois aguarda grandes eventos cataclísmicos, tais como uma chuva de bençãos (de preferência em notas de R$ 100,00).

Desprezando assim a simplicidade e a discrição divina. Gente assim infelizmente, quando não atenta a esses detalhes, são os mesmos que continuarão em rituais intermináveis  e danças da chuva, para tentar atrair a atenção do grande Criador, e desprezarão os pequeninos que cruzarão seus caminhos, uma cadeia interminável de não preocupação e desamor.

“DEUS, tem compaixão dos teus filhos, se quiser…”

Ainda bem que Jesus, aquele que não foi tragado e modificado pela história, e ainda teve a bondade de deixar seu Espírito por aqui, suas motivações, seu amor, suas lições, simplicidade, capacitação. Independente de qualquer filosofia ou doutrina religiosa (você pode ser o que quiser, mas sem Ele, acaba não tendo ou sendo nada).

Bom, tomara que eu aprenda algo com isso.

Saludos a todos.

 

 

2 comentários:

Andrea disse...

....rsrsrs...é mesmo dificil nos doar prá alguem, principalmente se nao conhecemos...mas como é lindo ver que nosso Pai no ajuda nisso né?!!!
Vc querido amigo tem se doado ao que vc crê e isso nos alegra muito!!!!
Vamos seguir firmes nesse proposito
Saudades...

Rodolfo Correa I disse...

Meu, muito me alegra o fato de ter doado um tempo precioso seu para ler essas coisas que balbucio. me deixa sem palavras., ou com mais palavras. rsrsrs.
amo vcs, desejo visitá-lo....vou dar um jeito. bjo e da um "croque" (gentil) no Marco. Saudades sinceras.